Sapatos “feios”: quatro modelos para fazer você mudar de opinião

Na imagem, dad sneaker com conjunto social roxo, saia animal print e jaqueta jeans, look all jeans de jaqueta e calça e blusa amarela, com shorts jeans curto e jaqueta bombar branca

Sapatos feios? Pois bem, até um tempo atrás, na minha cabeça restrita, achava que para ser bonito o sapato tinha que ser de tira fina e/ou de salto, o resto era tudo “feio” para mim. Eis que o tempo passa, a cabeça e o espírito da gente muda, cresce, evolui… Assim como nosso olhar para a moda e diferentes estilos, peças e modelos. Resumindo, nossa opinião muda.

E assim foi comigo e esses quatro modelos de sapato, antes considerados, pela minha pessoa, feios: mule, dad sneaker, oxford e mocassim. Como na verdade ando meio obcecada por looks com esses tipos de calçados, resolvi trazer para cá algumas inspirações de como usar os tais sapatos feios para inspirar quem já gosta, bem como fazer quem não a mudar de opinião.

Folake, Jill, Jessica, Aimee

Para começar, mule. Nascido na França do século XVI, o calçado que deixa o calcanhar de fora ganhou popularidade nos anos 90 e, desde o ano passado, ele voltou com tudo ao gosto das fashionistas. Depois vai rolar post só para o mule, uma vez que esse é o que mais ando obcecada no momento, mas, por agora, saiba que você pode combinar com tudo, do shortinho jeans, passando por saias e vestidos, e até produções mais sociais.

Aimee, Verena, Refinery29, Hailey Baldwin

Em segundo, temos o famigerado, e até odiado por alguns, dad sneaker. Polêmica para uns, adorada por outros, essa tendência combina atitude e conforto ao mesmo tempo. Inspirado nos tênis dos pais e avôs dos anos 90, o dad sneaker pode ser combinado com midi (saia ou vestido), calça (jeans ou de mesmo de alfaiataria) e mini (saia ou shorts).

Van Duarte, Wendy, Nadia, Priscila

Criado para o guarda-roupa masculino, o oxford caiu no gosto das apaixonadas por moda. Nascido no Reino Unido, o calçado tornou-se popular entre os estudantes da Universidade de Oxford, de onde vem o nome como conhecemos hoje. Nos dias atuais, o oxford acabou sendo colocado num status de coringa do closet feminino, indo bem com looks casuais e também formais, ou seja, podem ir direto da produção para curtir o fim de semana para a produção do escritório.

Vic CeridonoIsabella Fiorentino, Kim, Monique

E aí, convencidos a mudar de opinião ou não?

Para quem gostou, é possível encontrar um desses sapatos feios para chamar de seu aqui, aqui, aqui ou aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *