Dicas de Paris

Ainda dentro do assunto Paris, seguem umas dicas que acredito serão muito úteis para quem, assim como a gente, pretende visitar a cidade luz pela primeira vez.

A Viagem Certa: como viajamos por conta própria, pois não queríamos ficar presos as programações de agências de viagens, mas também não queríamos sair sem destino e ir somente aos mesmos pontos turísticos básicos, optamos então por um roteiro de viagem. Depois de pesquisas e algumas decepções chegamos ao site A Viagem Certa.

Cláudia Gazel, muito simpática e solicita fez um roteiro maravilhoso para nós. Primeiro ela te passa um questionário, para conhecer melhor o viajante e os seus desejos. Depois ela vai montando um guia que fica com a sua cara. Aproveito aqui para agradecer, pois foi perfeito para a nossa viagem, para o nosso momento. Obrigada, Cláudia! Nós fizemos sem os mapas, mas essa parte também pode ser incluída no roteiro.

Eu indico!
Eu indico!

SIM Prepaye: isso aqui ajudou demais. Recomendo mesmo, inclusive para o necessário Google Maps. Com 15 euros você compra um chip para seu celular (ou SIM, pois chip é coisa nossa) e tem internet por uma semana. Nós compramos da operadora Orange, que tem lojas fáceis de achar e, mesmo não sabendo falar francês ou inglês, basta dizer “SIM Prepaye” e apresentar o seu passaporte.

Melhores lugares para comer: de tudo que conhecemos, provamos e comemos os meus prediletos foram o magret de canard ao mel, acompanhado de batatas e a tarte tatin (torta de maçãs) do Le Marché; o café da manhã do Les Deux Magots, onde voltamos para o jantar que tem uma sopa de abobora deliciosa; o melhor sorvete que já provei, no Maison Bertillon e o crepe perfeito da Ty Breiz. Só de lembrar já deu água na boca.

Café da manhã delicia!
Café da manhã delicia!

Outras dicas: optamos por um hotel conhecido, o Ibis Alésia Montparnasse, quarto pequeno, mas tudo limpo e organizado, afinal só íamos dormir. Vale super a pena usar o metrô de Paris, pontual e organizado, te leva a todos os lugares. Se você como eu adora macaron não deixe de passar na Ladurée. Compre todas as entradas dos monumentos pela internet, as filas são imensas, e ai você não perde nenhum segundo.

Por fim, a dica não é bem de Paris, mas tudo que falaram da MAC na Dufry do Aeroporto de Guarulhos é verdade. Especialmente no desembarque, não encontrei NADA. Na ida ainda achei algumas coisas e fui atendida por Thiago, vendedor super simpático e atencioso que ainda deu dica de promoções e desconto. Pode procurar por ele.

2 thoughts on “Dicas de Paris

  1. Felipe says:

    A dica do chip pre-pago por 10 euros e mais 5 euros pela internet 3G por uma semana é a melhor!!!
    O que achei essencial também foi o aplicativo do metrô: “Paris Metro” a gente diz a estação de origem e destino e ele diz quais linhas pegar e em qual/quais estações descer para fazer as conexões, o link no iTunes pra ele é: https://itunes.apple.com/br/app/paris-metro-map-route-planner/id527534137?mt=8
    E o roteiro da Cláudia Gazel foi crucial!! Valeu Claudia!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: