Diário da Futura Mamãe: 34 semanas

E com meu barrigão de 34 semanas de gestação de fora

E o nosso Diário da Futura Mamãe está cada vez mais próximo da reta final. Chegamos a trigésima quarta semana de gestação, com um certo cansaço, físico mesmo, mas ainda mais cheia de ansiedade, tanto para, finalmente, conhecer a carinha do meu bebê como também pelo momento do parto.

Da trigésima até o início desta semana senti muito cansaço, dificuldade de respirar, nariz como se estivesse entupido, além de um pequeno inchaço e formigamento nos pés. Fui ao obstetra, que passou uma bateria de novos exames, para ter certeza que estava tudo certinho, e está. As noites foram quase insuportáveis nessas semanas, mas agora me sinto bem melhor. Confesso que foi bem difícil, já que o início da gravidez foi bem tranquilo, sem enjoo ou moleza, porém nessa última etapa fiquei super sem coragem para nada, desanimada mesmo, só tinha vontade de deitar, pois até falar me deixava ofegante. Tive que voltar a tomar o remédio para pressão, que continua bem baixa, mas estamos monitorando sempre.

E com meu barrigão de 34 semanas de gestação de fora

E quanto a meta de engordar apenas dez quilos durante toda a gestação? Xi, essa falhou feio! Já são 13 quilos de pura gostosura, só que não, hahahaha… Decidi não encanar com isso e ser feliz, vou aproveitar esse finalzinho e depois, depois eu vou ter que, literalmente, correr atrás do prejuízo.

O quartinho está pronto e as malas, minha e dele, bem encaminhadas. Mais a dele que a minha. Semana que vem vai rolar super faxina no quarto, então vou terminar de colocar as coisas no lugar e mostro tudo para vocês. Quero fazer um Diário da Futura Mamãe bem legal. Ah, já garanti minha cinta, umas amigas usaram e indicaram, outras não conseguiram… Para garantir comprei também uma calcinha, daquelas de cintura alta e modeladora, porém sem costura, mais confortável, semana que vem encerro esta parte também.

A data exata do parto não está marcada ainda, próxima quarta-feira tenho médico novamente, agora será encontro semanal – hehehehe – e vou ver com ele como será. Sim, será parto cesáreo, por diversos fatores, inclusive por escolha minha. Se eu me sinto menos mãe por isso? De jeito algum! Apesar de ser um tema controverso, acredito que cada uma tem o direito de escolher o que seja melhor para si, não significando mais ou menos amor pelo seu filho. Mas, como falei, isso é uma opção de cada mãe, merecendo, portanto, respeito das demais pessoas 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *