Meu novo cabelo curto e ruivo

Há exatos 12 anos que não me atrevia a passar por alguma extreme makeover capilar. A última havia sido um desastre onde, acidentalmente, fiquei ruiva, mas num tom muito feio e que não era o desejado, que desbotou e ficou ainda pior, e foi quando comecei a fazer luzes. Desde então só alterava se ficava mais ou menos loira e pronto. Mas, minha primeira grande mudança ao voltar para Recife foi cortar, e ia ser só isso, mas sai do salão com cabelo curto e ruivo.

O responsável pela minha mudança radical foi Rivaldo Mororó, do Salão Original’e, que vocês já conhecem por aqui de outras mudanças, não tão radicais assim. Na verdade, a ideia do cabelo curto vinha sendo preparada desde julho do ano passado, quando decidi fazer “cultivo” da minha juba, deixando crescer, cuidando muito para que ficasse saudável e apta a doação.

Depois de muito low poo e cronograma capilar (falarei sobre essas técnicas aqui depois), meu cabelo estava, modéstia à parte, muito maravilhoso. Para ser bem sincera, ele nunca esteve tão saudável e bonito em toda a minha vida adulta, hahahaha… Daí que a gente percebe o quanto cuidar faz bem. Na foto abaixo, ainda a caminho do salão, dá para ver como estava.

Eu ainda loira e com o cabelo comprido

Já lá no Original’e, o primeiro passo foi o corte, apesar de todo o cultivo, precisaria cortar bem curto para poder ter centímetros o suficiente. Nunca tive o cabelo tão curtinho, mas já tinha amado o resultado. Antes disso, em casa ainda, tinha falado para o marido: depois, até o final do ano, vou ver se tomo coragem e fico ruiva (já tinha comentado aqui sobre esse meu desejo). No salão, mostrei para o cabeleireiro, e os dois logo falaram: “se vai ficar, fica logo”! E eu fiquei!!!

De cabelo ainda loiro, mas já curtinho

Minha inspiração foi essa foto da maravilhosa Jessica Chastain, aproveitando o novo comprimento para ficar o mais próximo do visual completo. Então, lá fomos nós para a parte dois da mudança, e fiquei ruiva. O tom usado foi Igora Royal 0-77 com 7-77, mas é sempre bom lembrar que o ideal é fazer isso com profissionais qualificados, que conhecem as técnicas e truques certos, hehehehe, o resultado vocês conferem abaixo.

Jessica Chast ruiva e de cabelo curto

Eu já ruiva e de cabelo curto, terminando a escova com o bebê no colo
Porque vida de mãe é assim mesmo… Paradinha para colocar o neném para dormir, hahahaha

Resultado final, com cabelo curto e ruivo

Resultado final, com cabelo curto e ruivo

Confesso que demorei um pouco para me adaptar, pois foi too much para uma vez só – tenham cuidado com as mudanças radicais, só façam se tiverem certeza que estão prontos para encarar. Passada a adaptação, comecei a me sentir linda, hahahaha… Senti que ganhei um ar sexy, mas ao mesmo tempo com certo refinamento, que nunca tive.

Resultado final, com cabelo curto e ruivo

Ainda não decidi quanto tempo vou ficar ruiva, em especial porque a manutenção tem sido mais difícil para mim do que ser loira, afinal o loiro é meu natural de base, mas o fato é que fiquei feliz por ter realizado esse “desejo”, ter amado o resultado, obrigada Rivaldo e família Original’e, e saído da minha zona de conforto, provando a mim mesma que algumas mudanças, mesmo que não permanentes, podem fazer um bem danado a alma e ao coração.

E vocês, gostaram do meu novo cabelo curto e ruivo?

About Cirdele Azevedo

Jornalista | Fundadora do cirdeleazevedo.com.br e Aficionada por Moda.

Check Also

Eu usando vestido midi floral de fundo claro com maxi colete off-white e sandália nude

Meu look para o batizado do pequeno

Em setembro, finalmente, batizamos nosso pequeno. Optamos por algo simples, com cerimônia religiosa coletiva e …