Sabrina Corredor e a ideia do Armário Cápsula

Confesso que não tinha lido ou ouvido falar a respeito da ideia do Armário Cápsula, mas isso mudou quando conheci Sabrina Corredor e suas postagens no Facebook e Instagram. Então, como toda boa alternativa de consumo consciente merece ser compartilhada, pedi para ela não só explicar o que se trata, mas também falar da sua experiência pessoal. Vamos juntos aprender mais essa, ou, para quem já conhece, refletir um pouco mais?

O Armário Cápsula de Sabrina

Eu comecei a repensar minha maneira de consumir por meio do conceito de Armário Cápsula (AC), que é um guarda-roupa compacto, que permite criar inúmeros looks com poucos itens, durante uma temporada inteira (no meu caso, eu faço o anual).

Antes do Armário Cápsula meu armário tinha 302 peças de roupas (sem contar bolsas que eram mais de 20 e sapatos mais de 30 pares) e hoje são 118 para as quatro estações. Sempre fui compulsiva por compras. Achei que seria uma maneira de compensar uma baixa autoestima… Sempre achei que compras preencheriam lacunas emocionais. Comecei a fazer terapia (e faço até hoje), mas, mesmo assim, eu adorava comprar, adorava a sensação de sair de sacolas cheias, de receber produtos em casa…

Sabrina usa saia midi preta com camiseta cinza, branca e preta
Uma saia três looks

Mas as roupas que eu comprava, algumas eu usava logo uma vez, porque queria estrear, e outras eu deixava guardadas para ocasiões especiais que nunca aconteciam, tinha pena de usar algumas no dia a dia e elas acabavam encostadas.

Em setembro de 2015 eu descobri o AC, depois que fiz uma viagem a Paris e percebi que na capital da moda, as pessoas usam peças elegantes e simples, ao mesmo tempo que há uma preocupação com consumo consciente bem maior do que no Brasil, aí um dia estava no Facebook e me deparei com uma matéria sobre o blog Less is The New Black, da Dani Kopsch, achei super interessante como ela conseguia viver com 50 peças de roupas, então resolvi começar a procurar por lowsumerism (armário cápsula) na internet e descobri o blog da Gabi Barbosa, Teoria Criativa, e, logo depois, achei alguns grupos no Face, inclusive o grupo da Dani que também se chama Less is the New Black.

Sabrina investe na jaqueta jeans, kimono colorido e blazer vermelho para dar um up no combo calça e camiseta
O poder da terceira peça

Desta vez, lendo, me informando e trocando experiência, consegui me imaginar vivendo com menos, que eu poderia ter um estilo melhor com menos roupa, ser mais consciente das minhas escolhas e acabar de vez com a minha compulsão, porque mesmo com mais de 300 peças, eu tinha aquela clássica ideia: não tenho roupa para sair hoje!

Sabrina usa vestido curto com mangas nas cores preto, azul e vermelho
Vestidinhos…

As duas pessoas que me inspiraram e me inspiram até hoje são a Daniela Kopsch e a Gabi Barbosa. Elas são umas fofas, respondem e participam dos grupos. Também existe uma blogueira que eu curto muito o estilo e que resolvi aderir ao AC que se chama Ana Carolina, do Hoje Vou Assim Off. E quem em ajudou a desapegar de muita coisa foi a Marie Kondo e o livro “A Mágica da Arrumação“.

Com o AC, a minha vida mudou, principalmente no fato de eu deixar de gastar tanto dinheiro com roupas, acessórios… O AC acabou entrando na minha vida em tudo, fiz uma limpa em cosméticos, maquiagem, perfumes, bijuterias, livros. Em termos práticos, eu passei a comprar menos ou não comprar. Compro shampoo quando está acabando, antes tinhas três na reserva, compro o que realmente vou usar e evito o desperdício. Até para alimentos serviu, porque muita coisa estragava na geladeira e hoje eu bebo e como tudo que compro.

Sabrina usa calça jeans com camisa verde florida, calça cinza com malha vermelha, calça preta com blusa laranja
Dando um up nos looks com calça

Comprar demais é depressivo em todos os sentidos. Tanto que muitas pessoas usam as compras como desculpa para se sentirem mais felizes e depois percebem que estão piores. Percebi isto quando fiz minha monografia, em 2011, sobre a influência da propaganda e da publicidade no consumo compulsivo entre mulheres. Triste observar como a mídia, as lojas e todo o marketing manipula a nossa cabeça para, a cada dia que passa, termos mais vontade de algo, criarmos uma necessidade que na verdade não passa de um desejo temporário gerado pelos profissionais de mercado.

Sabrina usa shorts jeans com blusa branca e kimono colorido, shortinho com blusa bege e shortinho jeans com camisa branca
Vai ter shortinho sim

Eu optei por outro estilo de vida mais recentemente, porque realmente precisei ir quase à falência para perceber que comprar demais me deixava ainda mais triste e que, na verdade, eu precisava resolver outras questões internas. Além disso, não sou favorável ao capitalismo, então meu novo estilo de vida combinou com a minha visão socialista de mundo. Menos compras, mais felicidade.

Beijos, Sabrina.

Para saber mais sobre Armário Cápsula, e outras ciosinhas mais, visitem o blog Chez Vous.

About Cirdele Azevedo

Jornalista | Fundadora do cirdeleazevedo.com.br e Aficionada por Moda.

Check Also

Blusa com nozinho e shorts

Amarra-se na tendência do nozinho

Na verdade, não se trata de uma grande ou nova tendência de moda, afinal, lembro-me …